ÁGUA MINERAL: OS CUIDADOS QUE VOCÊ DEVE TER NA HORA DE COMPRAR

0
696

Você bebe água mineral frequentemente? Será que existe muita diferença nas marcas de água mineral comercializadas no Brasil?

Pois bem, a hidratação é importantíssima para nosso corpo, é o líquido mais precioso do planeta. Você sabe o que está bebendo ao ingerir água mineral? Vamos passo a passo desmistificar isto.

O que é a água

Ao beber água acreditamos estar fazendo a coisa mais correta, e é! Porém antes de tudo precisamos entender do que a água é composta. Pois existe uma diferença da água para a água mineral.

Água:

A água segundo o Wikipédia, “é uma substância química composta de hidrogênio e oxigênio, sendo essencial para todas as formas conhecidas de vida na Terra.”

Água mineral:

A água mineral é a água proveniente de fontes naturais ou de fontes artificiais. Existem vários tipos de águas minerais, e são classificados segundo sua composição química, origem da fonte, temperatura, ph e gases presentes. É essa classificação que indica se ela pode ser consumida ou apenas ser usada para banho, lavar calçadas e plantas.

Toda água mineral, por mais pura que seja, possui uma certa quantidade de sais minerais.

Podemos nunca ter percebido ou pensando nisso antes, mas sim. Toda água mineral, com e sem gás contém sódio e outros sais. Mas isso varia de cada marca pois depende das fontes naturais onde elas são retiradas e o processo de industrialização.

As diferenças entre as marcas de água mineral

Até então não fazia idéia. Achava que toda água mineral fosse igual. Porém ao reparar em uma das garrafas que eu estava bebendo água me assustei com a quantidade de sódio que contém e resolvi reparar nas demais marcas, para comparar.

Pesquisando, descobri que o sódio é um eletrólito importante em muitos processos fisiológicos no corpo (ele não é um vilão por completo), só que é necessário em níveis adequados. O sódio da água mineral pode não ser o único culpado no aumento da ingestão de sódio das pessoas, mas é um fator importante e devemos analisar.

Segundo a EPA(Environmental Protection Agency), 20 mg de sódio por litro de água ou menos é seguro.

Devo parar de beber água mineral?

É claro que não gente! A água é e continua sendo a bebida mais saudável que possa existir. Além do nosso corpo precisar dela para se manter hidratado.

Devemos tomar cuidado com os extremos. Não é porque compartilho que algumas marcas de água tem quantidade relevante de sódio na sua composição que você deve beber outra coisa no lugar de água.

Existem fatores a respeito da hidratação que poucas pessoas sabem.

A água também pode ser um aliado no emagrecimento.

Apesar desses números assustarem, nenhuma marca de água mineral está fora dos limites aceitáveis pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que é de 600 mg/l.

Além disso a Organização Mundial da Saúde (OMS), recomenda uma ingestão diária de até 2000 mg de sódio por dia. Se beber um litro de água mineral com 103,06mg de sódio, estará consumindo cerca de 5% da cota diária.

É melhor beber refrigerante do que a água por conter menos sódio?

Existem outras variáveis que precisam ser observadas ao se comparar outra bebida com a água. Como falado anteriormente, precisamos observar outras questões para comparar um refrigerante com a água, não apenas o sódio.

Por exemplo um refrigerante pode até ter menos sódio do que alguma água mineral. Porém ela contêm outros componentes que não são nada saudáveis.

O PH também influencia a qualidade da água?

O pH é uma medida de como a água é ácida ou básica. O intervalo vai de 0 a 14, sendo 7 o pH neutro. pHs inferiores a 7 indicam a acidez, e um pH superior a 7 indica uma base. O pH é realmente uma medida da quantidade relativa de ions de hidrogênio livres na água.

A água que tem mais íons de hidrogênio livres é ácida, enquanto que a água que tem mais íons hidroxila é básico. O pH pode ser afetado por produtos químicos na água, o pH é um importante indicador da água que está mudando quimicamente.

Qual o melhor pH da água mineral

PHs muito altos ou baixos podem ser prejudiciais para o organismo. Poluição pode alterar o pH de uma água, que por sua vez pode prejudicar os animais e plantas que vivem na água.

Por exemplo, a água que sai de uma mina de carvão abandonada pode ter um pH de 2, o que é muito ácido e iria afetar qualquer peixe que tentasse viver nele.

Desta forma, as águas minerais devem ser o mais próximo possível do pH neutro, que é o 7.

Em resumo: Como escolher a melhor água mineral

A escolha da água mineral ideal deve levar em consideração os minerais e o pH. Para tanto segue as recomendações abaixo:

1. Quantidade de sódio e outros minerais

Quanto menor quantidade melhor de:

  • Sódio
  • Cloreto
  • Vanádio
  • Sulfato
  • Bário
  • Nitrato
  • Zinco
  • Lítio
  • 2. pH da água mineralO pH, potencial hidrogeniônico, recomendado é entre 7 e 10. Sendo que quanto mais próximo de 7 melhor.Porque tanta diferença de sódio nas marcas de água mineral?

    Especialistas dizem que a distribuição dos minerais nas águas são determinadas no processo de extração da fonte, de acordo com o contato que elas sofrem com as rochas do subsolo onde são captadas.

    Isto significa que algumas águas tem um teor levemente maior de sódio de forma natural, mas índices muito altos como o da água Crystal da Coca-Cola, ao que tudo indica é resultado de adição industrial de sódio à água.

    Esse processo é feito para equilibrar outros fatores do produto, como sais e pH. (porque a água naturalmente não tinha uma qualidade mínima exigida).

Conclusão

A água mineral com todos os seus componentes continua sendo a bebida mais importante para o nosso corpo. O que pudemos ver aqui é apenas que devemos conhecer o que estamos ingerindo e fazer a melhor escolha possível pra nossa saúde!

A saúde e qualidade de vida está baseada nas nossas escolhas, e só podemos escolher se conhecermos o que está ao nosso redor. Por isso estamos sempre em constante aprendizado. E espero que o assunto de hoje tenha feito diferença nas suas informações.

Por: Melanie Mafli

Fonte: Doce Dieta

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*