AQUECIMENTO REDUZ CHANCES DE FRATURA NOS DIAS FRIOS

0
236

Professora da rede de Academias Gustavo Borges explica a importância de aquecer o corpo antes da prática de atividade física

 

Você sabia que não se aquecer antes da prática esportiva nos dias frios pode levar até  mesmo a uma fratura? Com a temperatura mais baixa, o risco de romper ligamentos e fraturar ossos é maior, porque o corpo está contraído e leva mais tempo para estar preparado para a atividade física. O fluxo sanguíneo precisa cumprir um processo gradativo para atingir seu ponto ideal de funcionamento, levando oxigênio para a musculatura ativa.

Débora Coletta, professora de natação da Academia Gustavo Borges, explica que praticar exercícios sem um aquecimento adequado pode gerar lesões. “No inverno esse cuidado deve ser redobrado devido à baixa temperatura corporal; o corpo demora um pouco mais para aquecer e por isso no inverno devemos caprichar um pouco mais no aquecimento, que pode ser um alongamento dinâmico”. Por isso, a repetição de exercícios curtos deve ser feita. Assim, a circulação sanguínea aumenta, bem como a temperatura corporal, e as articulações ficam lubrificadas para o esporte.

Já o alongamento é importante para aumentar a flexibilidade muscular. Durante o alongamento, o músculo aumenta sua amplitude e depois retorna ao seu comprimento normal. Em qualquer época do ano, alongar os músculos previne tensões, rigidez e o encurtamento dos grupos musculares e pode auxiliar na melhora da postura, uma vez que o praticante consegue ter uma melhor consciência corporal durante a execução do exercício. “A musculatura se contrai durante o exercício, então se alongar ajuda a preparar a musculatura que vai ser utilizada, e serve como um relaxante muscular após o exercício. A contração muscular pode causar câimbras, dores musculares e até mesmo uma lesão mais grave. Portanto, todo cuidado é pouco”, explica a professora.

Débora alerta que “alongar demais os músculos e com má postura são erros comuns do alongamento. Mas o mais comum é começar a fazer alongamento por conta própria. Sem orientação adequada, também há chances de ter lesão. Por isso o alongamento deve ser feito com orientação profissional, que direcionará o tipo específico para o exercício a ser realizado”. Os tipos mais comuns de alongamento são o alongamento estático, dinâmico e passivo. No estático os músculos são esticados, com a postura parada; já o dinâmico é feito por movimentos que ajudam a aquecer as articulações; por fim, o passivo é feito com a ajuda de algum equipamento, como o espaldar.  

Na Academia Gustavo Borges, os professores são preparados para indicar o melhor aquecimento e alongamento para cada necessidade esportiva, para verdadeiramente prevenir o atleta das indesejadas lesões e fraturas. Há também aulas de alongamento para quem quiser participar. O importante, de acordo com a professora, é não abandonar a prática do exercício durante os dias mais frios. Para garantir o bem-estar dos seus alunos nessa época do ano, os ambientes da Academia Gustavo Borges são protegidos do frio e as piscinas ficam em ambientes vedados, que mantêm a temperatura ideal para a prática de saúde.

Serviço: Academia Gustavo Borgeswww.academiagb.com.br

Fonte: http://paranashop.com.br

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*