ATUAÇÃO DA FISIOTERAPIA NO PROCESSO DA CIRURGIA BARIÁTRICA

1
1449

Em que momento se faz necessário a atuação da Fisioterapia, no processo da Cirurgia Bariátrica?

Antes e depois da cirurgia. Sendo importante ressaltar que a avaliação fisioterapêutica antes da cirurgia é de grande importância para a relação do fisioterapeuta com o paciente. Pois a avaliação que é feita antes da cirurgia, permite o início precoce do tratamento fisioterapêutico, que muitas vezes é crucial para que o paciente suporte a cirurgia.

Qual o principal objetivo da fisioterapia antes da cirurgia, em relação ao pulmão do paciente?

Participar da atenuação de problemas causados pelo excesso de gordura corporal, que afetem diretamente o sistema pulmonar, principalmente no impedimento da entrada do volume correto de ar, e aumentar a força dos músculos respiratórios.

E qual o objetivo da fisioterapia antes da cirurgia no sistema muscular do obeso mórbido?

Objetiva atenuar os sinais de limitações físicas ocasionadas pelo excesso de gordura corporal, tais como: Dores, Diminuição de força muscular, alterações posturais e encurtamentos musculares.

Qual o tratamento físico mais indicado para os pacientes submetidos à Cirurgia Bariátrica, e qual o momento ideal para isto acontecer?

Em função do baixo nível de condicionamento físico, a musculação terapêutica seria uma indicação positiva para estes pacientes, além de outras mais específicas.

Uma vez iniciando a Musculação Terapêutica, quando o paciente deve parar de se exercitar?

Podemos dizer que o tratamento da Musculação Terapêutica tem o objetivo de se estender até o momento em que o paciente adquira o “peso” prescrito como ideal pela equipe que o atende.

Como se dá a integração do profissional fisioterapeuta na Equipe de Cirurgia Bariátrica?

Em todo situação onde a ação conjunta de profissionais, na área de saúde ou não, é munida de respeito mútuo, ela se faz com a justificativa científica que cada um destes profissionais apresenta. E, a presença do fisioterapeuta na Equipe de Cirurgia Bariátrica se faz sob este prisma. Isto quer dizer que a capacidade de contribuição da fisioterapia à Equipe, é comprovada por ações de cunho estritamente científico, e desta forma a integração dos fisioterapeutas se faz de forma normal.

Qual o tempo médio para a fisioterapia preparar o paciente para a cirurgia da obesidade?

Depende muito dos problemas que este paciente possua, como por exemplo: Artroses, problemas pulmonares, problemas cardíacos etc. Mas, de uma forma geral a média é de 30 (trinta) dias.

Todo paciente que faz a cirurgia da obesidade de vê fazer “fisioterapia estética”, em função da grande perda de peso?

Realmente, um grande número de pacientes apresentará “flacidez” da pele. Mas, nem todos necessitaram de fisioterapia dermatofuncional (estética), pois isto depende de vários fatores, tais como a idade, a raça, o tempo que ele permaneceu obeso, e até o tratamento físico antes da cirurgia. Além disso, a fisioterapia após a cirurgia também pode interferir.

Só os exercícios aeróbios devem ser realizados após a cirurgia bariátrica?

Não. Na realidade qualquer exercício é bem vindo, desde que bem controlado, e verificando se o paciente pode realizar. O mais importante é evoluir a modalidade de exercício de acordo com a capacidade do paciente.

A fisioterapia verifica a evolução física do paciente pela avaliação do IMC?

O IMC é mais um dos parâmetros que o fisioterapeuta e o professor de educação física utiliza para a verificação da evolução física. Mais o que mais deve ser utilizado é o cálculo do percentual de gordura, isto é, verificar se a perda de peso que o paciente está tendo é realmente de gordura, e não de músculo.Por isso a importância também do exercício de Musculação Terapêutica.

Fonte: sbcbm ( Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica)

1 COMENTÁRIO

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*