CICATRIZES PODEM SER TRATADAS COM MASSAGEM E FISIOTERAPIA

0
5520

Cicatriz é algo que ninguém gosta de ter, porém, dependendo do procedimento cirúrgico, é difícil evitar. Além da questão visual, ela é responsável por desconfortos e dores no corpo. Para explicar o que são e como amenizá-las convidei o fisioterapeuta Jader Mendonça.

“Pesquisas recentes mostram que novas abordagens de tratamento em pós-operatório de cirurgia plástica, como as tensões manuais (técnica realizada com as mãos) devolvem o metabolismo normal e favorecem a reorganização dos tecidosexplica o especialista.

É importante entender que uma cicatrização gera fibroses e elas, quando não tratadas, podem gerar encurtamento de músculos e mau funcionamento de vísceras. Ocasionando um desequilíbrio corporal e consequentemente fortes dores. Exemplo: uma cicatriz de cesariana, quando muito aderida a pele pode causar desconforto na lombar, cervical ou mesmo hérnias discais.

Se as fibroses e aderências não forem combatidas de forma correta, elas podem comprometer o resultado final da operação, causando dores, retrações e inchaço, prejudicando a funcionalidade dos tecidos. Isso porque o metabolismo normal da pele depende de fatores como a mobilidade. Sem ela, todas as trocas metabólicas, assim como absorção de toxinas pelo sistema linfático, ficam prejudicadas.

Enfim,  como tratá-las? Pesquisas realizadas na University of Vermont College of Medicine, Burlington, Vermont, apontam resultados interessantes e propõem uma nova abordagem de tratamento que favorece o remodelamento e a reorganização tecidual, devolve o metabolismo normal e a mobilidade e, ainda, favorece liberação miofacial superficial para cada caso especifico. Esse tratamento consiste em aplicar tensões manuais nos tecidos.

A liberação miofascial é hoje o tratamento mais abrangente da fisioterapia, com resultados extremamente significativos. Quando afetado, este tecido gera tensões por todo o organismo, podendo provocar dores em qualquer segmento corporal. Através de uma avaliação mais precisa, consequentemente teremos um tratamento muito mais abrangente e eficiente.

De acordo com cada indivíduo, aplica-se a tensão necessária para que o tecido sofra uma reestruturação corporal. Este tratamento é proposto especialmente para tecidos em cicatrização (como as fibroses em pós-lipoaspirações e outras cirurgias que evolvam algum tipo corte na pele) e já vem sendo utilizado no Brasil.

Está aí, se você sente algum desconforto citado acima e tem alguma cicatriz com fibrose ou aderência na pele vale a pena marcar uma avaliação e investigar.

Por: Sabrina Mundim

Fonte: Metropoles

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*