COMO CURAR A JOANETE ( HÁLUX VALGO)

0
40069

O que é o joanete?

Joanete, também pode ser chamado de Hálux Valgo, é um desvio ósseo, que provoca uma saliência no dedo grande no pé, formado por uma saliência óssea na articulação desse mesmo dendo. Essa deformação, faz com que o dedo grande do pé, “aponte” para o segundo dedo do pé, lesionando assim a articulação do dedo grande, obrigando-a a ficar para fora.

Quais as causas do joanete?

A principal causa para o desenvolvimento de joanete, é a pressão que é feita nos dedos do pé. Se usar sapatos apertados na parte da frente do pé, como por exemplo sapatos de pontas estreitas e saltos, está a exercer uma força nos dedos do pé, principalmente nos das extremidades, causando o desenvolvimento de um joanete. O uso de saltos altos, provoca uma deslocação do peso corporal para a frente do pé, e isso também vai provocar a deformidade do dedo grande do pé, ocorrendo assim a formação de joanete.

Quem pode desenvolver joanete?

O joanete ocorre principalmente nas mulheres, uma vez que são elas que usam o salto alto. Com o passar do tempo e com o uso dos saltos altos, a pressão exercida nos pés, levam ao desenvolvimento do joanete, por isso, quanto mais tempo utilizar este tipo de sapatos, mais probabilidade tem de desenvolver joanete.
Para além do uso de saltos altos, os sapatos apertados ou com as pontas estreitas, também ajudam a desenvolver o joanete.
Problemas de artrite, má formação no pé, e hereditariedade, são outros fatores que podem levar ao desenvolvimento de joanete.

Como curar/tratar o joanete?

O principal tratamento do joanete, é a reposição do osso do dedo grande do pé para o seu local certo, uma vez que ele se encontra deslocado.
Para reposicionar esse osso do dedo grande do pé, são utilizados afastadores de dedos.

Afastadores de dedos são uma peça em silicone, que se coloca entre os dedos do pé, ajudando no realinhamento do dedo grande do pé, para aliviar as dores provocadas pelo joanete.
Esses afastadores devem ser utilizados juntamente com medicamentos anti-inflamatórios e com fisioterapia, isto para que as dores sentidas no dedo grande do pé sejam meinimizadas.

Quando o desvio do osso do dedo grande do pé já está mais avançado, o tratamento do joanete terá que ser feito através de cirurgia. Na cirurgia, os dedos do pé são alinhados na posição correcta, podendo até ser necessário raspar o excesso de osso deformado no dedo grande do pé.
Após a cirurgia, algumas horas depois, ainda no mesmo dia, é possível que o paciente possa colocar o pé no chão, mas é necessário utilizar um sapatos especial.

Após a cirurgia, deve tomar medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar as dores que irá sentir nos dias seguintes. Para além dos medicamentos, a fisioterapia também é importante para a recuperação.

Como a fisioterapia ajuda na recuperação após cirurgia de joanete?

Nos primeiros dias de fisioterapia, o principal objetivo é diminuir a inflamação e a dor, através do uso de ultra-som, gelo e massagem no osso.
Após a redução da dor, será necessário realizar “aprender de novo” a caminhar, envolvendo treino do equilíbrio muscular e desenvolver um adequado alinhamento das articulações do pé.
De seguida, devem ser feitos exercícios de relaxamento e alongamento dos músculos e tendões da perna e do pé, sendo que os principais músculos que devem ser alongados são os da panturrilha e o músculo que dobra o dedo grande do pé. Por fim, deve ser iniciado um programa de fortalecimento para a musculatura do pé e dos músculos da perna.

Como prevenir o joanete?

Para evitar que o joanete se desenvolva, o melhor é prevenir isso, evitando usar sapatos de ponta estreita, sapatos apertados e sapatos de salto alto!
Se o joanete já estiver em desenvolvimento, o médico poderá aconselhar o uso de talas com a imobilização do pé, para que o dedo recupere a sua posição correta e para que não sejam feitas pressões no dedo grande do pé.

O melhor mesmo é prevenir o desenvolvimento de joanete, evitando principalmente os sapatos de salto alto e de ponta estreita.

Fontes: comocurar /appp

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*