COMO USAR O FACEBOOK A FAVOR DA MINHA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA?

0
802

Você sabia que pode aumentar a visibilidade e atrair mais clientes para sua clínica de fisioterapia por meio do Facebook? Pois é possível, sim. Essa rede social é, atualmente, uma das melhores formas de interagir com seu público e conquistar novos clientes.

Neste post, você vai descobrir como usar o Facebook de forma profissional, diferentemente do uso de um perfil pessoal. O trabalho exige dedicação e planejamento, mas nós podemos lhe ajudar com isso. Acompanhe e saiba mais!

  • Primeiro passo: crie uma fanpage no Facebook para sua empresa

Com o seu perfil pessoal, você deve criar uma página para sua empresa, chamada também de fanpage. Para que essa página alcance o público certo, é importante preencher o máximo de informações sobre a sua clínica de fisioterapia no momento do cadastro. Insira, inclusive, informações de endereço, contato e site, se houver. Capriche nas descrições!

Elabore uma identidade visual para sua página, definindo desde as cores que serão utilizadas e os formatos de postagens (textos, links, vídeos, imagens e gifs), até a linguagem e a forma como você quer se comunicar com o seu público.

  • Próxima etapa: planeje o conteúdo a ser divulgado

Organize um cronograma de postagens, estabelecendo data, horário e periodicidade das publicações. Crie temas editoriais para trabalhar o seu conteúdo, como, por exemplo: institucional; serviços; bem estar; saúde; motivacional; dicas de um profissional, etc.

Nem todo conteúdo a postar precisa falar diretamente sobre a sua clínica. Aliás, é aconselhável que poucas publicações sejam de divulgação. As pessoas que curtem sua página e, principalmente, que compartilham suas postagens, querem ver conteúdos interessantes, informativos, de utilidade e, até mesmo, descontraídos, com uma bonita mensagem ou imagem motivacional.

É importante que sua clínica de fisioterapia se torne referência na área, por isso, pense na possibilidade de gravar vídeos com profissionais dando dicas ou orientações. Esse tipo de conteúdo é muito valorizado pelo público do Facebook!

  • Hora de postar: acompanhe o engajamento das suas postagens

É importante que você acompanhe quais postagens estão gerando uma maior taxa de engajamento, pois isso quer dizer que seu público está respondendo bem a seu conteúdo e que você deve explorar mais o assunto ou o formato da postagem. Só testando para ter certeza!

  • Como calcular a taxa de engajamento:

Em uma postagem específica, veja o número de curtidas, some com os comentários e compartilhamentos. Divida esse valor pelo alcance da publicação. Depois, basta multiplicar por 100 para ter a porcentagem de engajamento.

Mas as contas não param por aí. É importante que você avalie periodicamente o desempenho da sua página em relação aos concorrentes. Neste caso, como você não tem acesso ao valor do alcance da publicação, você deve somar curtidas, comentários e compartilhamentos de um determinado post adversário e dividir o resultado pelo volume de seguidores da página. Multiplique por 100 para obter a porcentagem.

  • Investimentos: se você quer ir ainda mais longe

Agora que você já aprendeu como usar o Facebook de forma profissional, tem mais uma coisa importante que você precisa saber: como aumentar o alcance das suas postagens. A rede social não cobra nada para que você publique na sua página, mas nem todos os seus seguidores receberão o seu conteúdo na timeline. Aliás, o número de seguidores impactados é bem baixo.

Para conseguir maior alcance de público, você precisa impulsionar suas postagens. A grande vantagem é que você pode escolher o perfil de público que será impactado, incluindo até mesmo aqueles que não curtiram sua página por ainda não a conhecerem.

Não é preciso muito dinheiro para investir. Comece com valores baixos para testar a aceitação do público selecionado, faça ajustes e vá aumentando seu investimento aos poucos. No Facebook, também é possível adotar um gerenciador de anúncios e criar campanhas mais complexas, porém, com maior assertividade e bons resultados.

Fonte:Miotec

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*