DIA NACIONAL DA SAÚDE RELEMBRA IMPORTÂNCIA DOS HÁBITOS

0
418

Cuidados com a saúde física e mental garantem qualidade de vida

O que é ter uma vida saudável para você? A saúde resulta de um equilíbrio físico, orgânico e mental do nosso organismo, conquistado no dia a dia. Esse equilíbrio é adquirido por meio de vários fatores, como uma boa alimentação, bom descanso, lazer, atividade física e cuidados com a higiene pessoal. Em agosto (5) é comemorado o Dia Nacional da Saúde, um ótimo momento para refletirmos nossos hábitos.

Segundo a endocrinologista e psicanalista Soraya Hissa de Carvalho, ter uma vida saudável é mais do que ter um corpo saudável. Percebe-se que quando as funções orgânicas não funcionam como deveriam tudo começa a ir mal. A falta de ânimo, as dores, doenças e os medos ficam insuportáveis. Para a médica e psicanalista, o bem-estar não está limitado apenas ao físico e a nossa saúde é construída diariamente, seja por nós mesmos, seja pelas contingências e condições que nos são impostas, oferecidas ou conquistadas. “Nossa mente é a grande mola propulsora de nosso bem-estar”, afirma ela.

Para o fisioterapeuta Rogério Celso Ferreira, diretor clínico da Fisior Hidroterapia de Belo Horizonte (MG), além da mente sã, o corpo necessita de movimento. Ele explica que a atividade física é de extrema importância para a prevenção de diversas patologias, controle de doenças e, até mesmo, como forma de tratamento para várias outras. “O exercício diário contribui para a saúde mental, redução da ansiedade, insônia e depressão; ajuda a controlar o estresse e manter o peso ideal; regula as funções cardiorrespiratórias, fortalece a musculatura, dá mais equilíbrio ao corpo e faz o sangue fluir melhor e levar mais oxigênio para todas as partes do corpo, reduzindo o colesterol ruim que obstrui as artérias, elevando o nível de colesterol bom, que ajuda a proteger contra as doenças cardíacas. Além disso, o exercício físico aumenta a autoestima, propicia uma maior interação social e gera prazer pela vida”, afirma o especialista.

Rogério indica a hidroterapia, não só como uma atividade física, mas como um tratamento para diversas doenças, como AVC, fibromialgia, artrose e dores na coluna, entre outras. “A hidroterapia é uma especialidade da fisioterapia que se baseia nos princípios mecânicos e térmicos da água aquecida de uma piscina terapêutica. Os efeitos da imersão corporal associados aos exercícios fisioterápicos provocam diversos estímulos, ativando o sistema imunológico, melhorando a circulação e diminuindo a sensação dolorosa”, esclarece ele.

Em termos alimentares, segundo a nutricionista Pâmela Sarkis, somos o que comemos, o que absorvemos e o que nosso organismo consegue aproveitar. “Dessa maneira a alimentação é o alicerce principal para a obtenção e manutenção de um corpo saudável. Por isso sempre falo para as pessoas investirem mais em alimentos naturais e orgânicos, pensando em nutrição preventiva para evitar doenças provocadas pela má alimentação e gastos com medicamentos no futuro”, explica a nutricionista.

Pâmela acredita que nesse quesito são primordiais alimentos fontes de energia (carboidratos) de preferência naturais e integrais como cereais, grãos, tubérculos (batata doce, mandioca); frutas; os alimentos construtores (proteínas) de preferência peixes, ovos e carnes magras e os reguladores (gorduras) principalmente óleos vegetais fonte de vitaminas, gorduras de boa qualidade e fibras, como azeite, gordura de abacate, peixes gordurosos que contém ômega 3, dentre outros. “Sempre evitar os industrializados de maneira geral, açúcares e farinhas simples, biscoitos e processados/embutidos”, destaca Pâmela”.

A psicanalista Soraya Hissa ainda ressalta que construir uma vida saudável implica em adotar certos hábitos, como é o caso da atividade física, da alimentação saudável, de saber enfrentar condições ou situações adversas e, também, estabelecer relações afetivas, solidárias e cidadãs. Ela ainda lembra que saúde e qualidade de vida são, antes de tudo, comportamentos. E segundo ela, para cuidarmos bem do nosso corpo, do nosso tempo e do nosso espírito, dependemos de hábitos saudáveis. “Precisamos adotar uma postura de ser e estar com o objetivo de viver bem. Afinal, não se constrói uma vida saudável sozinho”, finaliza a Soraya Hissa.

Fonte: http://www.acritica.net/

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*