EFEITOS DA REEDUCAÇÃO POSTURAL GLOBAL PELO MÉTODO RPG/RFL NA CORREÇÃO POSTURAL E NO REEQUILÍBRIO MUSCULAR

0
473

Effcts of reeducation posture global by the method (RPG/RFL) of corretion posture and reequilibrum muscle

Resumo

Os hábitos posturais inadequados executados durante toda a vida, o sedentarismo provocado pela evolução do mundo moderno, associado ao uso assimétrico do corpo humano durante as atividades funcionais fazem com que tenhamos, com o passar do tempo, um desequilíbrio do sistema neuromuscular e consequentemente alterações posturais. A presente pesquisa foi realizada na clínica escola de fisioterapia da UNIGRAN no período de novembro de 2005 a julho de 2006 e teve como objetivo geral investigar o efeito da Reeducação Postural Global pelo Reequilíbrio Funcional Laboral RPG/ RFL no reequilíbrio muscular e na correção postural em indivíduos hígidos. A amostra foi randomizada e estratificada em dois grupos – controle e tratamento – com 48 participantes cada (n=96), formados por estudantes do curso de fisioterapia da UNIGRAN e por meio de um anuncio em um jornal local. Os testes estatísticos demonstram que a amostra foi homogênea. No grupo tratamento foi realizada uma Reeducação Postural Global pelo Reequilíbrio Funcional Laboral, com uma postura inicial e três variantes de membros inferiores e seis de membros superiores durante cinco sessões em cinco dias seguidos. O grupo controle não recebeu nenhuma intervenção. Todos os indivíduos foram analisados por meio de exame de eletromiografia de superfície e fotogrametria computadorizada, antes e após intervalo de cinco dias. No grupo tratamento todos os músculos estudados reequilibraram-se e no controle todos os músculos desequilibraram-se (p<0,001). No grupo tratamento, 47,92% melhoram todos os segmentos, 41,67% melhoraram dois segmentos, 10,4% melhoraram um segmento apenas. No grupo controle apenas 4,2% melhoraram os três segmentos, 47,92% melhoraram apenas um segmento e 31,25% não melhoraram nenhum segmento (p<0,001). Estes resultados indicam que o tratamento com o método RPG/RFL foi eficaz no reequilíbrio neuro-muscular e na correção postural.

Palavras-chave: Reeducação postural; Postura; Eletromiografia; Fotometria.

Abstract

The inadequate postural habits throughout life, physical inactivity caused by the modern world, associated with the use of asymmetric human body during the functional activities, we have to do with time, an imbalance of neuro-muscular system and consequently changes postural. This survey was conducted in the school of physiotherapy clinic UNIGRAN in the period November 2005 to July 2006, the goal of this research was to investigate the effect of Global Postural Reeducation by re-equilibrium functional labour RPG/RFL on the muscular and the posture correction in normal individuals. The sample was randomized and separated in two groups of 48 participants (n=96), formed by students of the course of physiotherapy of UNIGRAN and through an ad in a local newspaper. The statistic tests showed that the sample was homogeneous. The treatment group received GPR by Labour Functional Re-equilibrium, with a first posture and three variants of inferior members and six of superior members during five sessions in five days followed. The control group did not receive any intervention. All participants were examined using surface electromyography and computerized photogrammetry before and after treatment. In the treatment group all muscles investigated showed a re-equilibrium, whereas in the control individuos no a such difference was observed. In the treatment group 47,92% of the individuals improved all segments, 41,67% improved two segments, and 10,4% only one segment. On the other hand, in control group, only 4,2% improved the three segments, 47,92% showed only one segment improved, and 31,25% did not showed any difference. These results indicate that treatment with a Global Posture Reeducation using the Functional labour Re-equilibrium method was efficient it mussel re-equilibrium and in the posture correction.

Keywords: Postural reeducation; Posture; Electromyography; Photometry.

Por: José Ronaldo Veronesi Junior1 , Carlos Tomaz2

1 Professor da UNIGRAN – Centro Universitário da Grande Dourados – Mestre em Ciências da Saúde pela UnB – Universidade de Brasília, DF – Brasil.

2 Professor Titular, Departamento de Ciências Fisiológicas, Universidade de Brasília – UnB – Universidade de Brasília, DF – Brasil.

Fonte: Fisioter. Mov. 2008 jul/set;21(3):127-137

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*