EM QUAIS CASOS POSSO PROCURAR AJUDA DE ACUPUNTURISTA?

0
501

Em geral, a acupuntura goza da reputação de curar e aliviar dores. Realmente, as nevralgias como dores no pescoço, ombros, braços, nervo ciático ou dores de cabeça são reduzidas com o tratamento de acupuntura. Mas pensar que ela cura apenas dores seria limitar a sua capacidade terapêutica.

Assim, um paciente que apresenta úlcera ou que esteja em pós-operatório ou em período de reabilitação de um acidente vascular cerebral, ou ainda, os casos de fibromialgia, podem ser tratados com a acupuntura.

Claro que nos quadros graves é recomendável que a pessoa procure seu médico de confiança. Para esses indivíduos, a acupuntura entraria como um tratamento auxiliar, ajudando a melhorar seu sistema imunológico, pois ela age reequilibrando a energia do corpo, que circula pelos canais de energia (meridianos).

A acupuntura pode ser usada também para auxiliar no tratamento da depressão, do combate ao stress, dos males que acometem as mulheres, principalmente os distúrbios do fluxo da menstruação, tensão pré-menstrual, cistite e doenças inflamatórias pélvicas.

Essa prática terapêutica faz parte da medicina tradicional chinesa e existe há milhares de anos. Por meio de agulhas, são estimulados pontos para aumentar a circulação do corpo e desbloquear os canais de energia.

Outros meios terapêuticos, como moxabustão (aquecimento dos pontos através da queima de bastão feito de ervas), uso de ventosas, massagens, além da acupuntura auricular também complementam o tratamento.

No Brasil, a acupuntura ganha espaço cada vez maior e recentemente foi autorizada pelo Ministério da Saúde para ser utilizada em unidades do Sistema Único de Saúde (SUS), assim como outras práticas de medicina alternativa.

Fonte: Bonde

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*