FISIOTERAPIA NA SÍNDROME DE MILLER FISCHER

0
870

Physical Therapy In Miller Syndrome Fischer – A Case Report

RESUMO

A síndrome de Miller Fisher, considerada uma neuropatia multifocal, cursa com a tríade: ataxia, oftalmoplegia e arreflexia. Diversas variações desta tríade já foram descritas, com ênfase nos sintomas que incluem também disbasia, astasia e ataxia de tronco. Esta síndrome é uma variante benigna da síndrome de Guillain-Barré, por sua vez, classificada como uma doença desmielinizante aguda inflamatória e autoimune que acomete o sistema nervoso periférico. O presente estudo descreve a recuperação de um paciente acometido pela síndrome, que apresentou melhora significativa em 2 meses de tratamento, com sessões de fisioterapia diárias e acompanhamento com fonoaudiologia, neurologia e oftalmologia.

ABSTRACT

Miller Fisher syndrome, considered a multifocal neuropathy progresses with the triad of ataxia, ophthalmoplegia and areflexia . Several variations of this triad have been described, with emphasis on symptoms that include disbasia , astasia and trunk ataxia. This syndrome is a benign variant of Guillain -Barre syndrome , in turn , classified as acute inflammatory demyelinating disease, and an autoimmune disorder affecting the peripheral nervous system. This study describes the recovery of a patient affected by the syndrome , which showed significant improvement in 2 months of treatment with daily physical therapy sessions and follow up with speech therapy , neurology and ophthalmology.

Keyword: Miller Fisher syndrome; Physiotherapy; Exercises.

Por: Thiago Gonçalves Brito1

Fisioterapeuta, pós-graduado em Fisioterapia Respiratória pela Faculdade Ciências Médicas de Minas Gerais (FCM-MG) e graduação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC-MG)

Fonte: Novafisio

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*