FISIOTERAPIA PREVENTIVA: POR QUE ADERIR?

0
932
physiotherapeut behandelt eine patientin mit nackenschmerzen

Saiba como a prática pode melhorar seu desempenho no esporte

A fisioterapia é um método o qual os atletas são submetidos constantemente para acelerar a recuperação após algum trauma ou lesão. Mas, não é só para isso que serve. Ela também pode ser usada para ajudar a evitar esses problemas.

A prática é feita com exercícios de alongamento e relaxamento, a fim de relaxar a musculatura, aumentar a flexibilidade e a disposição ao longo do dia. Para entender um melhor como funciona a fisioterapia preventiva, o Webrun conversou com o especialista da área Alexandre Carrara.

Quais os benefícios da fisioterapia preventiva aos atletas?
Especificamente é prevenir o atleta de lesões decorrentes de sua prática esportiva, proporcionando o máximo de efetividade desse atleta em seu esporte preferido.

Fisioterapia (1)

Para quem é indicada?
A fisioterapia preventiva é indicada para todo tipo de atleta, desde o atleta iniciante até o de mais alto nível, de atletas de final de semana aos que treinam diariamente, afirma o ortopedista.

O que mais é trabalhado no corredor que faz fisioterapia preventiva?
Para o atleta corredor é importante ser trabalhado a musculatura do core e a musculatura especifica.

A musculatura do core, que engloba a musculatura abdominal, lombar e a musculatura que envolve o quadril e assoalho pélvico, os músculos do core são a base estabilizadora, em principal da coluna lombar, que é o centro gerador de força. Com o core fraco, as dores na região lombar são inevitáveis e com o centro gerador de força estando fraco há um aumento na exigência na musculatura distal, no caso específico dos corredores a musculatura dos membros inferiores serão mais exigidas assim aumentando muito do risco de lesões, explica Alexandre.

Já a musculatura especifica no caso dos corredores são os membros inferiores. É ela que conduz o atleta até seu objetivo, seja o pódio para os profissionais ou para os amadores suas metas particulares. Essa musculatura precisa estar em perfeito equilíbrio de força e flexibilidade assim trabalhando em harmonia, prevenindo as roturas, tendinite, distensões, principalmente as lesões de cartilagens, como os meniscos e ligamentos que requerem tantos cuidados.

Fonte: Webrun

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*