FISIOTERAPIA RESPIRATÓRIA NO EMPIEMA PLEURAL. REVISÃO SISTEMÁTICA DA LITERATURA

0
949

Respiratory therapy in pleural empyema. A systematic review of the literature

Resumo

Alguns dos recursos utilizados em fisioterapia respiratória não são baseados em evidências científicas comprovadas. A má utilização desses recursos pode ser nociva do ponto de vista de efeitos adversos, ou levar a um custo-benefício não favorável. Os autores fizeram uma revisão sistemática da literatura, através das bases de dados Oldmedline, Medline, Cinahl, Lilacs, e nos registros de ensaios clínicos da Biblioteca Cochrane e do National Institutes of Health, dos EUA, visando a encontrar ensaios sobre a eficácia da fisioterapia respiratória no empiema pleural em crianças, adolescentes ou adultos. Nenhum ensaio sobre o assunto foi encontrado. Os autores concluem que faltam evidências sobre a eficácia da fisioterapia no empiema pleural. Ensaios clínicos são necessários para responder a esta questão.

Palavras-chave: Empiema pleural/reabilitação; Medicina baseada em evidências; Técnicas de fisioterapia; Revisão [Tipo de publicação]; Ensaios controlados aleatórios

Abstract

Some techniques used in respiratory therapy are not based on sound scientific evidence. The misuse of such techniques can be harmful in terms of adverse effects and may not be cost-effective. A systematic review of the literature was performed using the Oldmedline, Medline, Cinahl and Lilacs databases, as well as the registry of clinical trials registered by the Cochrane Library and National Institutes of Health. The focus of the review was on trials addressing the efficacy of respiratory therapy in treating pleural empyema in children, adolescents and adults. No such trials were found. We can conclude that there is a lack of data regarding the efficacy of respiratory therapy in pleural empyema. In order to provide such data, clinical trials are warranted.

Keywords: Empyema pleural/rehabilitation; Evidence-based medicine; Physical therapy techniques; Review [Publication Type]; Randomized controlled trials

Por: Murilo Carlos Amorim de Britto; Maria do Carmo Menezes Bezerra Duarte; Silvia Maria Mendes da Conceição Silvestre

Trabalho realizado no Instituto Materno Infantil de Pernambuco, Recife (PE) Brasil.
1. Doutor em Saúde Pública. Pediatra pneumologista do Instituto Materno Infantil de Pernambuco, Recife (PE) Brasil.
2. Mestre em Saúde Materno Infantil. Pediatra intensivista do Instituto Materno Infantil de Pernambuco, Recife (PE) Brasil.
3. Mestranda em Saúde Materno Infantil do Instituto Materno Infantil de Pernambuco; Pediatra do Hospital Pediátrico de Luanda – Angola.

Fonte: Jornal Brasileiro de Pneumologia

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*