Perfil do Profissional

img-fisioterapia-perfilProfissional da Saúde, com formação acadêmica Superior em Fisioterapia.

O DEVER DO FISIOTERAPEUTA:

– Ter capacidade de elaborar o diagnóstico fisioterapêutico, interpretar laudos e exames propedêuticos e complementares detectando as alterações cinético-funcionais apresentadas.
– Prescrever, baseado no que foi constatado na avaliação físico-funcional, as técnicas de tratamento fisioterapêuticas adequadas a cada caso.
– Dar ordenação ao processo terapêutico, quantificando e qualificando as técnicas fisioterapêuticas indicadas.
– Reavaliar sistematicamente o paciente, reajustando ou alterando as condutas terapêuticas, assim como decidir pela alta fisioterapêutica. – Emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios.
– Ter capacidade de desenvolver atividades de socialização do saber técnico-científico como palestras, conferências, cursos na sua área de atuação profissional.
– Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços públicos e privados.
– Prestar consultoria a empresas,industrias, entidades esportivas na área de sua competência.
– Reconhecer e encaminhar adequadamente pacientes portadores de problemas que fogem do alcance de sua formação.
– Ter capacidade de realizar aprendizagens independentes criando novos saberes contribuindo para o crescimento e autonomia profissional.
– Sólida formação com referencial teórico-prático embasado em conhecimentos biológicos, humanos e sociais, bio-tecnológicos e fisioterapêuticos.
– Formação generalista que lhe possibilite perceber o contexto do mundo e o contexto mais próximo em que se situa como profissional.
– Ter capacidade de criar e aplicar alternativas de solução para os problemas peculiares de sua profissão.
– Trabalhar eficientemente em equipes de saúde, reconhecendo, valorizando e adequando-se às competências específicas dos seus integrantes.
– Comunicar-se adequadamente com o paciente e seus familiares,lidar com as próprias frustrações e ser sensível ao sofrimento humano. – Manter postura ética, visão humanística, senso de responsabilidade social e compromisso com a cidadania .
– Ter capacidade de avançar continuamente nos conhecimentos e no domínio de tecnologias e práticas pertinentes
– Co-participar efetiva e permanentemente da construção de um projeto social em que os homens possam coletivamente buscar respostas às suas inquietações e anseios, numa sociedade em que se institua a igualdade sem eliminar diferenças.
– Participar na produção de conhecimentos na área da Fisioterapia utilizando adequadamente procedimentos de metodologia científica.
– Saber interelacionar conhecimentos de diferentes áreas para assistir ao indivíduo como um todo.

AÇÕES PROIBIDAS AO FISIOTERAPEUTA:

– É PROIBIDO receitar medicamentos. É terminantemente proibido essa prática. Caso o paciente necessite ser medicado, o mesmo deverá ser encaminhado ao médico.
– Atuar em Fisioterapia sem o registro no Crefito regional é EXERCÍCIO ILEGAL DA PROFISSÃO.
– Fisioterapeuta NÃO dão diagnósticos clínicos, e sim, cinesiológicos.
– Consultas Fisioterapêuticas apenas PESSOALMENTE. Não pode fazer consultas por telefone, redes sociais, entre outros meios.
– É PROIBIDO a divulgação de dados/fotos de pacientes sem a autorização do mesmo por escrito.
– Antes de qualquer tratamento, o Fisioterapeuta deverá AVALIAR seu paciente e fazer a sua ficha de Anamnese. Esse registro tem que estar sempre atualizado e no local de tratamento.
– Auxiliar em Fisioterapia NÃO EXISTE mais à alguns anos. Portanto, a prática dessa ação é PROIBIDA.
– Venda de tratamentos por Fisioterapeutas em sites de compras coletivas É PROIBIDO.
– O Fisioterapeuta é o responsável pelo seu paciente, devendo assim prestar socorro inicial caso haja algum imprevisto.
– O Fisioterapeuta deve procurar solucionar o problema do paciente o mais rápido possível, procurando sempre a sua alta.
– As orientações após cada atendimento de Fisioterapia deve ser dado pelo Fisioterapeuta.
– O Fisioterapeuta NÃO PODE fazer cirurgias e aplicar medicamentos.