MODALIDADES TERAPÊUTICAS DA FISIOTERAPIA NO PERÍODO GESTACIONAL

0
619

RESUMO

Com a fisioterapia no período pré-natal, englobando não somente o tratamento para possíveis patologias clínicas que surgirem neste período, mas também exercícios preventivos na manutenção da saúde da gestante, até mesmo no período do parto, nota-se uma melhora na qualidade de vida da mulher, assim como uma facilidade no parto propriamente dito. Exercícios orientados corretamente e uma conduta de tratamento adequado são essenciais no decorrer da gestação. A atividade física durante essa fase da mulher não deve ser temida, apenas monitorada, considerando a limitação de cada paciente. Através de pesquisas relacionando gravidez à atividade física, há comprovação dos inúmeros benefícios biológicos do exercício durante a gravidez, como por exemplo, a redução do ganho de peso materno, diminuição do risco de diabetes, diminuição de complicações obstétricas, a redução da duração do parto, do peso do bebê ao nascer, menor risco de complicações maternas e fetais e menor duração da fase ativa do parto, dentre outros.

Palavras-chave: fisioterapia; gestação; saúde; tratamento; exercício; parto e bebê.

ABSTRACT

With the physiotherapy during prenatal, encompassing not only the treatment for possible clinical pathologies that arise in this period, but also preventive exercises in maintaining the health of pregnant women, even in the period of delivery, there is an improvement in quality of life the woman and a facility in childbirth itself. Exercises correctly oriented and a conduct of appropriate treatment are essential in the course of pregnancy. The physical activity during this phase of women should not be feared, only monitored, considering the limitation of each patient. Through research relating to pregnancy physical activity, there is evidence of the many biological benefits of exercises during pregnancy, as an example, the reduction of maternal weight gain, reduction of diabetes risks, decrease of obstetric complications, reducing the duration of delivery, reducing the weight of the baby at birth, lower risk of fetal and maternal complications, shorter duration of the active phase of delivery, and others.

Key-words: physiotherapy; pregnancy; health; treatment; exercise; delivery and baby.

Por: Paloma Cury Baptista (Monografia de Conclusão de Curso de Fisioterapia)

Fonte: Uva ( Universidade Veiga de Almeida)

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*