MODELOS DE REABILITAÇÃO FISIOTERÁPICA EM PACIENTES ADULTOS COM SEQUELAS DE AVC ISQUÊMICO

0
1141

Physical Therapy Rehabilitation Models in Adult Patients with Ischemic Stroke Sequel

RESUMO

Este trabalho tem como objetivo verificar na literatura a existência de protocolos de reabilitação fisioterápica para pacientes com sequelas de acidente vascular cerebral isquêmico (AVCi) e a elaboração de uma sugestão de tratamento fisioterápico para estes pacientes, visando a melhora nas atividades de vida diária (AVD´s). A metodologia utilizada foi revisão bibliográfica através de artigos científicos indexados nas seguintes bases de dados: Lilac’s, Scielo, Medline, Pubmed, bem como livros e monografias. O tema foi escolhido devido ser o AVCi responsável por 80% dos casos, e o AVC hemorrágico pelos outros 20% das incidências. Cerca de 40% dos pacientes com AVC portarão sequelas permanentes, dificultando as AVD´s, necessitando de cuidados especiais, e acompanhamento por equipe multidisciplinar. Reintegrar o paciente no ambiente social é um desafio que envolve todas as pessoas inseridas no processo. Após um curto período de flacidez, o paciente entra no estado de espasticidade muscular, que é uma das severas limitações que ele vai apresentar. A adesão do paciente e cuidadores, além da precocidade do tratamento são fundamentais para a melhora do paciente.

Unitermos: Acidente Vascular Cerebral, Hemiparesia, Reabilitação,Plasticidade Neuronal.

ABSTRACT

The objective of the present study was to check the presence of physical therapy rehabilitation protocols in literature for patients presenting sequels caused by ischemic stroke, and the elaboration of a suggestion of a physical theraphy treatment for this patients, aiming to obtain improvements in daily activities. The methodology used in the present study was a bibliography review of scientific articles indexed to the following data base: Lilac’s Scielo, Medline, as well as books and monographs. The theme was chosen because it is the stroke accounts responsible for 80% of the cases and the hemorrhagic stroke is responsible for 20% of the incidences. Around 40% of patients with stroke will have permanent sequels that make daily life activities difficult, as well as the necessity of special care, and a follow up of multidisciplinary team. Reintegrating the patient to the social environment is a challenge that involves all the people in the process. After a short period of sagging a state of muscle spasticity starts, which is one of the most strict limitations that such patient will present. The agreement of the patients and caregivers in addition to the earliness of the treatment are essential for the improvement of the patient.

Keywords: Cerebrovascular Accident, Hemiparesis, Rehabilitation,Neuronal Plasticity.

Por: Cláudia Araújo de Paula Piassaroli1 , Giovana Campos de Almeida1 , José Carlos Luvizotto1 , Ana Beatriz Biagioli Manoel Suzan2

Trabalho realizado no Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio – Faculdade de Ciências e Saúde da Vida, Itu-SP, Brasil.

1.Graduandos em Fisioterapia – CEUNSP, Itu-SP, Brasil.

2.Fisioterapeuta, mestre e professora do Centro Universitário Nossa Senhora do Patrocínio, Itu-SP, Brasil.

Fonte: Revista Neurociências

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*