O PAPEL DA FISIOTERAPIA NOS CUIDADES PALIATIVOS A PACIENTES COM CÂNCER

0
1206

Physiotherapy on palliative care with cancer patients

Resumo:

Os Cuidados Paliativos adotam uma abordagem humanista e integrada para o tratamento de pacientes sem possibilidade de cura, reduzindo os sintomas e aumentando a qualidade de vida. Para isto necessita-se de uma equipe multiprofissional apta a compreender todas as necessidades físicas, psicológicas e espirituais presentes nestes casos. Com o objetivo de delinear a função do profissional fisioterapeuta nos Cuidados Paliativos foi realizada uma revisão abrangente da literatura atual, conjeturada de forma crítica. Conclui-se que a fisioterapia possui um grande número de métodos de intervenções úteis no tratamento paliativo de pacientes com câncer. Para isso é importante a este profissional adequar-se aos aspectos éticos e filosóficos exigidos no tratamento de pacientes terminais, como manter a comunicação com os pacientes e demais profissionais, cultivar responsavelmente a independência funcional e a esperança destes pacientes e lidar com o momento de óbito. As principais intervenções fisioterapêuticas analisadas para os pacientes sem possibilidade de cura são os métodos analgésicos, as intervenções nos sintomas psico-físicos como depressão e estresse, a atuação nas complicações osteomioarticulares, os recursos para a melhora da fadiga, as técnicas para melhoria da função pulmonar, o atendimento aos pacientes neurológicos e as particularidades do tratamento pediátrico. Devido ao potencial benefício da inserção da fisioterapia nos Cuidados Paliativos, é necessário difundir aos fisioterapeutas a discussão de temas relacionados à humanização, morte e Cuidados Paliativos e a realização de maiores investigações para otimizar a atuação deste profissional nos processos oncológicos.

Palavras-chave: Assistência Paliativa; Fisioterapia; Doente Terminal; Neoplasias

Abstract

Palliative care adopts a humanistic and integrated approach for terminal patients treatment, controling the symptoms and increasing the quality of life. In order to achieve an complete assistence, it is necessary a multiprofessional team able to accomplish all physical, psychologic and spiritual needs of these patients. Aiming to define the physiotherapist performance in the Palliative Care, we had done an extensive review of the present literature, and we had analyzed it critically. We had verified that physiotherapy has many useful interventionist methods to apply in palliative care with cancer patients. Indeed, it is important for this professional to be adapted to philosophical and ethical aspects required for the treatment of terminal patients, keeping the communication with patients and with others professionals, cultivating, with responsibility, the patients functional independence and hope, learning to deal with obit moments. The main physiotherapeutic interventions analized for terminal patients were analgesic methods, interventions on psyco-physical symptoms like depression and stress, physiotherapeutic care in osteomyoarticular complications, tecniques to improve fatigue and pulmonary function, performance in neurologic patients care and in the particularities of pediatrics treatment. We concluded that due to the potential benefits of physiotherapy on Palliative Care, it is necessary to diffuse related themes as humanization, death and Palliative Care for physiotherapist and more investigations about the thema are necessary in order to otimize the performance of this professional in oncologic process.

Key words: Palliative Care; Physiotherapy; Terminally ill; Neoplasms.

Por: Fernando Cesar Iwamoto Marcucci1

Fisioterapeuta especialista em Biologia Aplicada à Saúde, Universidade Estadual de Londrina

Fonte: Luzimar Teixeira

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*