O QUE É CRIOLIPÓLISE? COMO FUNCIONA?

0
321

Conheça o tratamento estético que congela e elimina a gordura localizada!

A criolipólise é um tratamento que vem sendo muito procurado quando se fala em gordura localizada. Pesquisada e desenvolvida pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, a criolipólise é uma técnica não cirúrgica e não invasiva, que consiste no congelamento de células de gordura através de um aparelho que é colocado sobre a pele. Assim, estas mesmas células acabam sendo mortas e fagocitadas pelo organismo, ou seja, a gordura localizada é destruída.

O procedimento pode ser realizado em diversas áreas do corpo, sendo a região do abdômen uma das mais comuns em relação à procura dos pacientes. Na criolipólise, uma manta é colocada na superfície da pele para que esta seja protegida, pois o aparelho específico irá fazer uma sucção na área desejada. A gordura é congelada à temperatura de -5°C a -10°C, durante cerca de uma hora, mostrando-se ser muito sensível ao frio.

Segundo a Dra. Andressa Moraes, fisioterapeuta e pós-graduada em dermatofuncional, o resultado final pode ser notado em até três meses de tratamento, sendo que, em apenas uma sessão já é possível perder 30% da gordura localizada na região tratada. Além disso, ela ressalta que a criolipólise não é um procedimento para a perda de peso, mas sim para reduzir a gordura localizada, melhorando, então, o contorno corporal do paciente. Apesar disto, uma alimentação saudável e a prática de exercícios físicos podem facilitar, ainda mais, o aparecimento dos resultados.

Dr.ª Andressa destaca ainda a importância de se fazer uma boa avaliação do local a ser tratado, a fim de saber se existe uma quantidade suficiente de gordura, se a região está sem feridas e se a pele está íntegra. Após a sessão de criolipólise, o local tratado pode ficar avermelhado e um pouco dolorido, porém, tais sintomas duram apenas alguns dias. Em alguns casos, um pequeno desconforto pode continuar por algumas semanas. Mesmo assim, o paciente pode ter uma rotina normal logo após a realização do procedimento.

Por: Dra. Andressa Moraes: Pós-graduada em Fisioterapeuta Dermatofuncional Especialização em acupuntura, com  formação Internacional em Drenagem Linfática pela Escola Leduc e também pela Escola Godoy & Godoy, além de formação Internacional em Diplomatura em Fisioterapia Dermatofuncional, realizada no Chile. É graduada em Fisioterapia pela Faculdade Integrada de Santa Fé do Sul – Funec Fisa (2004). Atuou como Coordenadora do Setor de Fisioterapia da Prefeitura Municipal de Pederneiras, de 2005 a 2012. Atualmente, é Proprietária da clínica Espaço Andressa Moraes, desde 2005, e Diretora na empresa Moraes & Tartari – Distribuidora e Cursos, desde 2016. Também é Especialista em Acupuntura

Fonte: www.portogente.com.br
.

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*