NotíciasSaúde

“OUTUBRO ROSA TERMINOU, MAS A PREVENÇÃO DEVE CONTINUAR “, ORIENTAM MÉDICOS DO HC

Os médicos do HC Jales, Rafael Perdomo e André Silveira, falaram sobre a importância de prevenção do Câncer de Mama

 

Antes de encerrar a Campanha Outubro Rosa, que realizou ações no Hospital de Câncer de Barretos e em todas as suas unidades, incluindo Jales, os médicos Rafael Alves Perdomo e André Luiz Silveira, do HC Jales, concederam entrevista especial para alertar as mulheres sobre o Câncer de Mama.

Os cirurgiões oncológicos ressaltaram que “embora a campanha tenha sido encerrada no final do mês, a prevenção deve continuar durante o ano todo”.

Os profissionais falaram sobre fatores de risco, formas de prevenção e tratamento, como pode ser acompanhado na entrevista:

O que é e quais são os objetivos da Campanha “Outubro Rosa”? 

Rafael Perdomo e André Silveira: Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Esta campanha acontece com mais intensidade no mês de outubro e tem como símbolo o laço cor de rosa.

O que é o câncer de mama?

Rafael Perdomo e André Silveira: É a neoplasia maligna que afeta a glândula mamária. Tumor maligno mais prevalente em mulheres, excetuando o câncer de pele (não melanoma).

Quais os fatores de risco?

Rafael Perdomo e André Silveira: São vários, mas podemos definir os principais como exposição hormonal em demasio (menarca precoce, menopausa tardia e a multiparidade, que quer dizer múltiplo número de gravidez), história familiar positiva, obesidade (principalmente após a menopausa), dieta pobre em fibras e rica em gorduras animais e radiação ionizante prévia

Quais são as formas de prevenção?

André Silveira: Inicialmente uma mudança de hábito de vida, por meio de uma alimentação saudável e a prática de exercício físico, essas mudanças levam o individuo a ter uma vida saudável. Estudos recomendam que se pratique exercícios pelo menos 3 vezes na semana e que faça uma dieta balanceada, desta forma consegue-se diminuir os fatores de risco para o câncer de mama.

Já o exame de mamografia é considerado a principal forma de prevenção secundária do câncer de mama, pois favorece o diagnóstico precoce e a elevação nas taxas de cura. Estando na faixa etária de risco, que é de 40 a 69 anos, é crucial que se procure fazer a mamografia anualmente.

Quanto mais precoce a doença, maior é a chance de cura. A prevenção, em minha opinião, é o melhor tratamento.

Como é o tratamento?

André Silveira: Ainda o principal tratamento do câncer de mama é a cirurgia, mas é claro que, dependendo do caso só a cirurgia não resolve, existe todo um tratamento multidisciplinar que envolve cirurgia, quimioterapia, radioterapia, fisioterapia, nutrição e várias especialidades que trabalham juntas para recuperar esse paciente. Quanto mais precoce o diagnóstico menor é o tempo de tratamento.

Fonte: A tribuna na Web

Tags
Mostrar mais

Fisioterapia.com

Encontre no Portal Fisioterapia.com uma grande variedade de notícias, artigos, oportunidades e serviços exclusivos para Profissionais e Acadêmicos de Fisioterapia ou interessados pela área.

Publicações relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close