PERGUNTAS MAIS FREQUENTES SOBRE RPG

0
4881

O QUE É RPG?

A Reeducação Postural Global (RPG) é um método fisioterapêutico revolucionário, nascido da obra O Campo Fechado, publicado por PH. Souchard em 1981, na França após 15 anos de pesquisa no domínio da biomecânica.

É  um método terapêutico manual que se aplica a todas as patologias que requerem fisioterapia:
– Problemas morfológicos
– Problemas posturais
– Lesões Articulares
– Patologias Reumáticas
– Seqüelas Neurológicas Espasticas
– Problemas Traumáticos
– Doenças Respiratórias

A RPG baseia-se em três princípios fundamentais:
– Individualidade: Cada ser humano é único e reage de forma diferente;
– Causalidade: A verdadeira causa do problema pode estar distante do sintoma (causa/conseqüência)
– Globalidade: Deve-se tratar o corpo como um todo, buscando identificar as responsabilidades das retrações musculares nas patologias músculo-esqueléticas.

Um dos diferenciais da RPG é a revalorização da função estática dos músculos. Solicitados em permanência, estes podem encurtar-se e perder sua flexibilidade, freando os movimentos e deformando o corpo. Assim, um dos princípios do método é identificar e alongar os músculos responsáveis pela alteração postural.

Atualmente a RPG é ministrado aos fisioterapeutas por Phillipe E. Souchard e sua equipe em 15 Países incluindo o Brasil, onde na cidade de São Paulo criou o Instituto Philippe Souchard em 1999. Já formou mais de 25.000 fisioterapeutas em várias partes do mundo. Por sua eficácia e abrangência vem ganhando notabilidade no meio cientifico o que colabora para sua consolidação.

Os tratamentos são individuais e duram cerca de 1 hora, podendo ser praticados para prevenção e manutenção através das Auto Posturas.

Que tipo de doenças a RPG trata?

Ortopédicas


Pés planos e cavos, joelhos valgos (em x) ou joelhos varos (do cowboy), joanetes, escoliose (desvio da coluna vertebral), dores cervical, dorsal e lombociatalgia(dor ciática)

Neurológicas

 
Hérnia de disco e labirintite

Reumatológicas


Artrites, artrose, bursite e tendinite

Respiratórias


Asma e bronquite

Somáticas


Estresse, distúrbios circulatórios e digestivos

Ocular

Estrabismo

Como é feito o tratamento?

O tratamento é feito em consultas de 1 hora ou mais, em geral uma vez por semana, podendo ser necessário, em alguns casos, acelerar para duas vezes por semana (nas escolioses graves, dores em situações agudas, pessoas frágeis, enfim, adaptações). Dependendo do problema, pode ser necessária apenas uma sessão (no caso de uma lesão recente) ou muitas (numa escoliose infantil, que terá que ser “vigiada de perto” e acompanhada durante todo o crescimento). A duração do tratamento também varia muito, pois depende do que há a corrigir. Mas logo na primeira consulta, quando se faz a primeira avaliação, pode-se ter uma primeira previsão do tempo que será necessário.

Quem encaminha a pessoa a um profissional de RPG?

Muitos médicos, em todos os países onde a RPG está presente, enviam-nos pessoas para tratamento. Outros vêm por indicação de amigos que já fizeram o tratamento. E outros ainda, porque já tentaram de tudo, sem obter melhoras significativas. E porque ouviram falar do método e dos bons resultados.

Qual formação deve ter um profissional de RPG?

Para fazer o curso de RPG, é necessário ser fisioterapeuta já formado. O curso básico de RPG tem a duração de cinco semanas, com 300 horas aula. Completando o curso básico, o profissional da área pode continuar a sua formação em RPG seguindo a evolução do método através de reciclagens gratuitas nos cursos básicos e fazendo os cursos avançados, que visam aprofundar os conhecimentos e o modo de tratar em patologias específicas como a escoliose e patologias articulares, cursos de interpretação de exames radiológicos, preparação para o parto, entre outros. Para formar um bom profissional, são necessários alguns anos de prática purista, e aí está a maior dificuldade: alguns começam a praticar, mas, diante de um caso mais complicado, não aceitam o desafio de procurar suas deficiências e “fogem” do problema, buscando soluções mais fáceis em outras técnicas e misturando-as à RPG. É o fim. Acabam abandonando ou “criando novas técnicas”, que chamam de RPG qualquer coisas.; Os resultados são proporcionais.

A RPG pode ser aplicada a mulheres grávidas?

Não há inconvenientes em aplicar as técnicas de RPG em mulheres grávidas quando há a necessidade de tratamento. Nesse caso, a futura mamãe receberá uma atenção individual e adaptada à sua condição, o que não ocorre, necessariamente, em outros  tipos de tratamento. Realizamos todo um trabalho de preparação para o parto e recuperação pós-parto, que se baseia nos princípios biomecânicos da RPG, uma técnica bastante original, reconhecida por muitos médicos, obstetra e, melhor ainda, aprovado pelas mulheres que experimentaram.

Fonte:  SBRPG (Sociedade Brasileira de RPG)

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*