PREVALÊNCIA DE DISTÚRBIOS TRAUMATO-ORTOPÉDICOS E REUMATOLÓGICOS ATENDIDOS NA FISIOTERAPIA PELO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE EM UM MUNICÍPIO DO MEIO OESTE DE SANTA CATARINA

0
232

PREVALENCE OF TRAUMA-ORTHOPEDIC AND RHEUMATOLOGIC DISORDERS TREATED AT THE PHYSIOTHERAPY IN UNIFIED HEALTH SYSTEM IN A COUNTY IN MIDWESTERN SANTA CATARINA

RESUMO

O objetivo deste estudo foi identificar os distúrbios traumato-ortopédicos e reumatológicos atendidos pela Fisioterapia no Sistema Único de Saúde) no município de Herval D’Oeste. Trata-se de pesquisa descritiva documental, aplicada, quantitativa e retrospectiva. A população foi composta por pacientes atendidos pelo SUS em uma clínica contratualizada pela prefeitura municipal, com uma amostra de 480 pacientes atendidos entre janeiro a dezembro de 2013, incluindo apenas as requisições relacionadas com este estudo. Constatou-se maior prevalência de acometimento em joelho, ombro e coluna, com predominância do sexo feminino. A maioria dos pacientes utilizava apenas uma requisição, correspondendo a oito atendimentos. Este estudo serviu de subsídio para conhecimento dos dados para aperfeiçoar o atendimento à demanda de pacientes, conforme necessidade do município, tornando-o mais eficaz.

Palavras-chave: Fisioterapia. SUS. Reabilitação

ABSTRACT

The objective of this study was to identify trauma-orthopedic and rheumatologic disorders attended by Physiotherapy in Unified Health System in the Municipality of Herval D’Oeste. This is documentary descriptive research, applied, quantitative and retrospective. The population consisted of SUS patients at a clinic contracted by the municipal government, with a sample of 480 patients treated between January to December 2013, including only requests related to this study. It was found a higher prevalence of involvement in knee, shoulder and spine, predominantly female. Also, most patients used only a request, corresponding to eight calls. This study served as a subsidy for the information of data to better serve the demands of patients, as required of the city, making it more effective.

Keywords: Physical Therapy. SUS. Rehabilitation.

Por: Keilla Karloh1 Michelli Vitória Silvestre2 Gilmar Moraes Santos3

1 Fisioterapeuta da Clínica de Fisioterapia Fisiovida Akqua. Pós-Graduada em Gestão em Saúde do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IF-SC), Florianópolis-SC, Brasil.

2 Fisioterapeuta da Prefeitura Municipal de Florianópolis-SC. Professora orientadora do Curso de Especialização em Gestão em Saúde do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina (IF-SC), Florianópolis-SC, Brasil. E-mail: michellisilvestre@hotmail.com 3 Professor Associado do Departamento de Fisioterapia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC). Professor do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Fisioterapia da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), Florianópolis-SC. Brasil.

Fonte: Esp.Saúde. SC

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*