TIPOS DE DORES MUSCULARES

0
684

As dores musculares são muito comuns e estão vulgarmente relacionadas com a tensão do dia-a-dia, o stress e com lesões musculares que resultam de atividades profissionais intensas ou de exercícios físicos praticados nos âmbito do desporto. Podem envolver um ou mais músculos, podendo até estender-se aos ligamentos e tendões. Em casos limite podem até chegar aos ossos e aos órgãos internos, isto obviamente nas situações mais sérias.

Dores musculares no corpo todo

A dor muscular por todo o corpo pode ser um indicador da presença de fibromialgia, uma doença cronica que tem como outros sintomas a depressão, as dores de cabeça, perturbações no sono e até sensibilidade muscular.

Dores musculares abdominais

A grande quantidade das dores que surgem na zona do abdómen estão associadas a problemas simples e de pouca gravidade. São habitualmente provocadas por cólicas intestinais, que por sua vez estão relacionadas com intoxicações alimentares, com a ingestão de comida com demasiada gordura, gases, ansiedade e stress, mas podem também ser provocadas por doenças mais graves, tais como úlceras, gastrite, pedra nos rins ou na vesícula ou até hepatite aguda.

Dores musculares nas articulações

As dores musculares articulares estão muitas vezes relacionadas com esforços musculares prolongados e com lesões que resultam de práticas desportivas. Podem no limite atingir tendões e ligamentos, além dos músculos e afetam mais os idosos e as pessoas com excesso de peso.

Dores musculares nos braços

Os braços estão muito sujeitos a sofrerem dores, por serem os membros utilizados com maior regularidade pelo ser humano. Os problemas musculares de que sofrem, resultam normalmente da má circulação sanguínea ou de tendinites de esforço, mas podem ser um indício de um ataque cardíaco.

Dores musculares nas costas

A maioria das dores de costas surge na região lombar, entre a cintura e o cóccix, e é resultante da tensão, ou de atividades ou carregamento de pesos excessivo, ou de uma lesão muscular. Se não forem tratadas atentadamente, podem tornar-se cronicas.

Dores musculares nas coxas

Os desportistas profissionais são especialmente propensos a sofrerem de dores musculares nas coxas, consequência do desempenho físico que requer grandes e esforços continuados. O cansaço muscular, o desequilíbrio na estrutura muscular ou até um aquecimento inadequado são algumas das razões para o seu surgimento.

Dores musculares nos glúteos

As dores musculares na zona dos glúteos incomodam bastante e são habitualmente consequência de sobrecargas musculares relacionadas com a prática de desporto, mas também podem ser causadas pela compressão do nervo ciático ou isquiático.

Dores musculares lombares

As comuns lombalgias ou dores musculares na região lombar, podem ser altamente incapacitantes e podem mesmo impedir uma pessoa de fazer qualquer atividade. Estão normalmente relacionadas com a má postura.

Dores musculares nos ombros

As dores musculares nos ombros estão intimamente ligadas ao stress diários e à tensão, mas podem também ter como origem os esforços físicos prolongados, movimentos desajustados ou excessivos e até doenças degenerativas.

Dores musculares no peito/tórax

As dores no peito estão muitas vezes associadas aos ataques cardíacos, mas podem simplesmente indiciar problemas do foro gástrico como o refluxo gastro-esofágico, anomalias meramente musculares ou ainda simplesmente serem provocadas pela ansiedade.

Dores musculares nas pernas

As dores musculares nas pernas são uma queixa muito comum, atingem tanto homens como mulheres e pessoas de todas as idades. São, porém mais frequentes nas pessoas de idade avançada e provocadas, geralmente, pelo sedentarismo.

Dores musculares no pescoço/nuca

As dores cervicais costumam acompanhar as contraturas musculares, o que provoca uma grande limitação nos movimentos do pescoço. Este tipo de dores podem ser portanto terrivelmente perturbadoras.

Dores musculares na virilha

As dores musculares nas virilhas são muito comuns em atletas, nomeadamente tenistas e em futebolistas, afetam mais o homem do que a mulher, são consequência das características próprias do corpo humano dos dois generos.

Fonte: http://doresmusculares.com

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*