VOCÊ SABE A DIFERENÇA ENTRE PÓS STRICTO SENSU E LATO SENSU? CONFIRA QUAL É A MELHOR PARA VOCÊ

0
1060

Você sabe qual a diferença entre pós-graduação Stricto Sensu e Lato Sensu ?

Essa é uma dúvida de muitos profissionais que querem se especializar e se manter atualizados na sua  área de atuação. Entretanto, apesar das duas opções agregarem conhecimentos, uma escolha errada  pode representar um tiro n’água, já que, profissionalmente, pode não mudar em nada a sua vida.

A escolha do tipo de curso depende exclusivamente do que o estudante busca em sua carreira. A pós-graduação na modalidade stricto sensu compreende programas de mestrado e doutorado, disponibilizam aos alunos conhecimentos mais específicos, focados em determinadas áreas, além de serem voltados à pesquisa. Ao final do curso, o aluno receberá um diploma.

Se o estudante pretende ser professor universitário ou ir para a área da pesquisa, o ideal é que faça stricto sensu, para adquirir título de mestre ou doutor. Os cursos podem durar em média dois anos para título de mestre, e quatro anos para o doutorado.

A modalidade lato sensu é o tipo de pós-graduação mais praticada por profissionais e estudantes de todo o Brasil, segundo pesquisas do IBGE. É ideal para profissionais que buscam atualização ou aperfeiçoamento em determinada área do conhecimento, como por exemplo, marketing, finanças, recursos humanos, etc. Se o foco do profissional é apenas qualificação para se aperfeiçoar e continuar no mercado de trabalho, a lato sensu é suficiente.

Os cursos lato sensu têm carga horária mínima de 360 horas, podem ser oferecidos à distância, ao final do curso o aluno precisa defender um trabalho de conclusão de curso e receberá um certificado.

Certificado x Diploma

Diploma: é um documento formal emitido por instituições de ensino com cursos reconhecidos, habilitando seu titular ao exercício de uma profissão. Os diplomas são emitidos para comprovar a conclusão em cursos de graduação(bacharelado, licenciatura e tecnologia) e de pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado).

Certificado: é um documento que comprova que seu titular participou de um evento, como congresso, simpósio, curso, palestra etc. Não tem a validade de um diploma e é registrado na própria instituição que o emitiu.

Por exemplo, ao concluir um curso de Gestão de Negócios em nível de pós-graduação lato sensu (especialização), o aluno recebe um certificado de conclusão de curso emitido pela própria instituição de ensino ou por uma outra conveniada.

Saber escolher entre as duas opções, lato sensu e stricto sensu, é fundamental para a carreira e para o objetivo que o profissional traçou.

Assim como saber escolher qual tipo de pós-graduação fazer, é muito importante também optar por qual instituição de ensino te trará bons resultados. Se corretamente escolhida o tipo de pós-graduação e a instituição, o investimento vale cada centavo, já que ter uma especialização é um diferencial muito grande no mercado de trabalho.

Ter uma pós-graduação hoje, além de todo o conhecimento adquirido indica que o profissional não parou no tempo, que é uma pessoa em constante busca do conhecimento, e é esse profissional que o mercado busca hoje.

Fonte: W pos

SEM COMENTÁRIOS

O QUE ACHOU DESTE CONTEÚDO? DEIXE SEU COMENTÁRIO.

*